De tudo um pouco

Divagações, opiniões, reflexões, livre-pensar…

Promessa é dívida…

Posted by Marcelo Dutra em sábado, 6 outubro 2007

Três quilos mais magro depois da última postagem, devido a uma dieta espartana, comprimidos Zyloric e Lipless, pílulas de óleo de linhaça dourada e quase 5 km de caminhada diária, vou cumprir a promessa feita de contar rapidamente a história dos mártires de Cunhaú e Uruaçu, história esta que ensejou um feriado no dia 3 de outubro aqui no RN.

Na segunda metade do século XVII, nos idos de 1645, os holandeses estavam dominando o Nordeste. Haviam invadido o Forte dos Reis Magos e adentraram o estado através do rio Potengi. Contavam com a ajuda dos índios Janduis, Potiguares e Tapuias. Havia um alemão chamado Jacó Rabe que estava a serviço dos holandeses, e era conhecido por sua brutalidade e selvageria. Os holandeses eram calvinistas e não aceitavam que os católicos brasileiros e portugueses professassem sua fé. Chegaram a Cunhaú num domingo, quando os poucos moradores da cidade participavam de uma missa, celebrada pelo padre André de Soveral, um idoso de mais de 80 anos. Penetraram na Igreja, fecharam as portas e mataram todos, com requintes de crueldade, inclusive o padre. Poucos dias depois repetiram o feito na comunidade de Uruaçu, em São Gonçalo do Amarante, a 18 km de Natal, onde chacinaram cerca de 80 pessoas, inclusive um Sr. Mateus Moreira, que teve, ainda vivo, o coração arrancado pelas costas.
Os mártires foram denominados de protomártires, por terem sido os primeiros mártires com conotação religiosa no Brasil.
Foi iniciado um processo de beatificação, e em 1998 o papa Paulo II reconheceu o martítio de 30 brasileiros. em 5 de março de 2007 houve a cerimônia de beatificação no Vaticano, presidida pelo Papa e concelebrada e acompanhada por religiosos e fiéis brasileiros, inclusive o bispo de Natal.
Há muitos artigos na Internet sobre o fato, mas para quem se interessar recomendo dois, bastando clicar nos links abaixo para acessar:

http://www.pime.org.br/missaojovem/mjhistbrasilprimeiros.htm
http://www.arquidiocesedenatal.org.br/Martires.htm

Promessa cumprida, posso ir dormir em paz.
Abraços…Marcelo

Uma resposta to “Promessa é dívida…”

  1. Leo Dutra said

    Tio Marcelo, muito bom saber que voce esta mais magro e seguindo a dieta. Vou ver se entro no mesmo ritmo, mas pelo que Manu e eu constatamos, parece que o ar mais rarefeito de Armidale engorda, o que foi confirmado por quase toso os amigfos da gente que enocntrramos pra tomar cerveja nos finais de semana.
    Estou acessando o seu blog diretamente do Timor-Leste, pais majoritariamente catolico como o nosso, cujo o povo gosta de bater um tambor depois da missa…
    Estava aqui pensando e lembrei que os catolicos portugueses tambem nao gostavam que se metessem no Brasil outras religioes. OIs franceses tentaram fundar a Nova Artarctica, os Holandeses calvinistas tambem tentaram e nao conseguiram. Todos eles, inclusive os portugueses, estavam sempre com com uma mao no bolso e outra na cruz.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: