De tudo um pouco

Divagações, opiniões, reflexões, livre-pensar…

Parabéns…Breno

Posted by Marcelo Dutra em sexta-feira, 7 abril 2006


Hoje é dia 7 de abril. Vinte e quatro anos atrás, na cidade de São Luís, no Hospital Português, às 14:00h, nascia uma criança do sexo masculino, filho de Marcelo Dutra e Edna Dutra, tendo como avós paternos Vicente Dutra e Delmira Dutra, e maternos Mário da Silva Frias e Edna Pinto Frias. Era uma criança lourinha e gordinha, cheia de vida e de saúde, após 9 meses completos de gestação e seis meses do casamento dos pais. Esta criança encheu a casa de alegria, de felicidade e de cuidados, e como era de esperar, mudou completamente a rotina dos pais. Agora havia um ser que presisava ser alimentado, cuidado, educado, amado. As farras, as festas, as baladas, ficaram em segundo plano. O senso de responsabilidade foi despertado para os inexperientes pais, marinheiros de primeira viagem. O pai desenhou e mandou construir os móveis do quarto e a mãe cuidou da decoração. Sim, a partir daquele momento havia uma família. Contrataram uma babá para ajudar na faina diária. Tudo corria muito bem até que uma notícia veio abalar a paz e tranquilidade da família: o pai perdera o emprego. Desempregado, o que restava fazer? Dois caminhos se apresentavam: ficar em São Luis e procurar emprego por lá mesmo ou voltar para Fortaleza, onde estavam seus pais, irmãos e amigos e tentar nova vida por lá. Escolheu a segunda opção; desfêz-se da casa já comprada, pediu permissão aos pais e retornou, com a família já crescida, para a casa paterna. Após quatro longos meses, conseguiu o emprego que mantém até hoje.
A criança foi crescendo, aprendendo a falar, a andar, entrou no maternal, depois na escola. Aos três anos de idade ganhou uma irmã. E a vida continuava, com os mesmos problemas, dificuldades e alegrias comuns a todas as famílias.
Em 1990, devido a compromissos profissionais, a família mudou-se para Natal, onde permanece até hoje.
Chegou a fase da adolescência, a criança mudando de voz, os hormônios fazendo o seu trabalho de transformar o menino em homem. Surgiu barba e a primeira raspagem da mesma. Os instintos começaram a se manisfestar com as primeiras namoradas. A formação do caráter se consolidando. Enquanto tudo isso acontecia, os pais tentavam fazer a sua parte, proporcionando a educação formal e a formação moral. Ao que tudo indica, tiveram sucesso.
Hoje ele faz 24 anos. Já é um homem. Identidade, CPF, carteira de motorista, título de reservista e título de eleitor podem demonstrar legalmente seu status de adulto e de cidadão. Suas atitudes, seu comportamento e seu caráter demonstram moralmente que a criança virou gente, virou homem de fato, e de boa cepa.
Boa gente, bom filho, bom amigo, carinhoso, respeitoso, sensível, ciente de suas obrigações, vive sua vida da forma que acha mais correta. Já é quase dono do nariz e exerce com retidão esta qualidade. Toma suas decisões. Tem defeitos também, o que o torna mais humano. Certamente os pais não desejariam alguém sem defeitos, como se fosse um boneco ou um robot. Nem sempre suas idéias correspondem às dos pais, mas porque deveriam? Muitas vezes suas idéias é que estão corretas, e não as dos pais.
E neste aniversário o presente maior que seus pais poderiam oferecer seria exatamente a oportunidade de fazê-lo saber como é amado, como é necessário, como é importante; de agradecer a convivência durante todos esses anos; de dizer que talvez tenham aprendido mais que ensinado. E finalmente que acreditam que já esteja pronto para a vida.

“Só se vê bem com o coração; o essencial é invisível aos olhos”
Exupéry
Abraços…Marcelo

6 Respostas to “Parabéns…Breno”

  1. igordutra said

    Tio Marcelo,
    Manda ai meus parabens atrasados pro Breno!
    Igor

  2. Breno Dutra said

    O que eu posso falar!!!!! É o meu pai, meu querido e amado pai!!!!
    Tudo o que sou, o que pretendo ser, é espelhado nesta família.
    Obrigado pai, mãe, irmãs, por tudo!!! Amo todos Vocês!!!!

  3. Anonymous said

    Breno,

    Parabens !!!! Muitas felicidades !!!!
    E os seus tios nao merecem agradecimentos? Afinal são irmaos do seu pai.

    Marconi

  4. Manu e Leo said

    Breno,
    parabéns da gente aqui também!

  5. Anonymous said

    Oi Marcelo

    Dê os parabens(atrasados)nossos pro Breno.
    Que bonita confissão de amor de pai pra filho!!
    Abraços.
    Marco Aurelio

  6. Anonymous said

    Marcelo querido,
    lindo o que escreveu para o Breno, lindo o que o Breno escreveu prá você… e a gente vai juntando estes momentos de felicidade. Parabéns para o Breno, parabéns para a família toda, que sabe falar dos bons sentimentos, sem pudor, mostrando que o amor é o maior bem do mundo.
    Parabéns Breno , Deus te abençõe.

    abraço atrasado da Ritinha

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: