De tudo um pouco

Divagações, opiniões, reflexões, livre-pensar…

Reflexões

Posted by Marcelo Dutra em sábado, 18 fevereiro 2006

Antes de entrar no tema de hoje, que é Ética, gostaria de registrar duas alegrias: trata-se da visita e comentários neste blog do meu caro irmão Marconi e da amiga-da-minha-irmã-que-também-é-minha-amiga Ritinha. E sem querer retornar à polêmica das armas, mas apenas sobre o comentário do Marcôni, parece que as opiniões estão divididas entre o sim e o não, segundo as últimas pesquisas. com uma vantagem para o não. Também não sei dizer se os defensores do não fazem o programa na TV gratuitamente, sem cobrar cachê (???). Acho até que financeiramente tem mais gente prá defender o não e que pode pagar maiores cachês. Mas vamos ao tema do dia:Atualmente, a palavra ética é cada vez mais pronunciada, escrita e divulgada. Há, entretanto, uma confusão generalizada sobre o que é ética, moral e dilemas éticos.
Ética vem do grego “ethos”, que quer dizer costume, hábito, consciência, modo de ser e caráter. É o estudo do comportamento dos seres humanos em sociedade. A ética vai além do que parece ser, investiga o que é de fato. Procura razões pessoais para “o modo de ser” dos indivíduos diante de seus valores e da moral dos grupos sociais aos quais pertencemos.
Já a moral é um conjunto de valores considerados adequados, como regra, por um grupo social. Valores como honestidade, integridade, dignidade e humildade fazem parte da grande maioria da moral dos vários grupos sociais; mas os valores mudam, se esvaem, desaparecem, são substituídos por outros. A ética como caráter se mantém sempre.
A moral é um conjunto de valores e pode ser dividida em quatro princípios.
FILOSÓFICO: faça o bem pelo próprio bem, por respeito à lei.
RELIGIOSO: faça-o porque é a vontade de Deus, por amor a Deus.
HUMANO: faça-o porque seu bem-estar o requer, por amor próprio.
POLÍTICO: faça-o porque ele é solicitado pela sociedade da qual você faz parte, por amor à sociedade e por consideração a você.
E os dilemas éticos? Esses são extremamente saudáveis. Ter um dilema significa perguntar e verificar se estamos sendo éticos ou não, podendo reforçar ou contrariar princípios morais de uma sociedade.
Minha postura em relação ao meu grupo de convívio é a mesma que eu gostaria que todos os membros do grupo tivessem comigo?
É bom lembrar o que diz o filósofo espanhol Fernando Savater, “toda Lei escrita não é mais do que uma abreviatura, uma simplificação, freqüentemente imperfeita, do que seu semelhante pode esperar concretamente de você, não do Estado ou de seus Juízes”.
Use e abuse dos dilemas éticos em seu dia-a-dia.obs.: este texto sobre ética não é meu, mas li em algum lugar e tento transmitir da melhor forma possível, pois acho muito apropriado para os dias conturbados por que está passando nosso país. Hoje foi apenas uma introdução. Voltarei a este assunto outras vezes…
Publicado em 21/10/2005 23:41

Uma resposta to “Reflexões”

  1. Marcelo Dutra said

    O tema é bastante polêmico, entretanto é só verificar como o País se encontra hoje, aonde a corrupção é reinante e a pobreza,falta de oportunidades se afloram a cada dia. O pior que não se faz nada para a mudança, pois no momento do voto , não se sabe escolher os candidatos ou por falta de alternativas.Eu acho que se deveria criar um grupo terrorista chamado ” Grupo de Extermínio de Corruptos-GEC” , para eliminar esses malfeitores do Brasil.(Comentário nr 01)
    Comentario enviado por Magno Frias às 13h29 em 03.11.2005

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: